Escreva as palavras-chave e aperte Enter.

Formação em Metodologias Ativas do UNISAL reúne professores de outras universidades

Rosilene Marton é uma professora atuante. Ministra aulas em três instituições de ensino superior e, em 09 de maio, não pensou duas vezes e veio em busca de qualificação, inovação e aprendizagem ativa. “Eu creio que esta formação seja essencial para aprimorar o nosso aprendizado e do aluno”, afirma a professora.

A exemplo de Rosilene, outras 22 pessoas também participaram da formação em Metodologias Ativas com o tema WAC (Writing Across the Curriculum).

Somente em 2015, cerca de 150 pessoas já participaram de Curso oferecido pelo  UNISAL – Centro Universitário Salesiano de São Paulo, entre elas Ex-Alunos e professores da instituição, educadores de escolas públicas e particulares e mestrandos do curso de Direito.

A formação gratuita é realizada das 10h às 11h30, no Laboratório de Metodologias Inovadoras. O último de seis encontros será em 30 de maio.

Segundo o pesquisador de Metodologias Ativas de Aprendizagem pelo LMI (Laboratório de Metodologias Inovadoras) do UNISAL, Unidade Lorena, Prof. Me. Antonio Savio da Silva Pinto, o desafio em inovar o ensino superior é enorme, mas é preciso acreditar e apostar nesta prática. “O LMI é todo diferenciado, justamente para forçar o aluno a não focar sua visão apenas no professor, é preciso que ele também invista no seu próprio aprendizado”, ressalta Antonio Sávio.

A cada semestre uma Metodologia Ativa é estudada pelos professores e alunos. A intenção é que até 2017, 13 novas formas de aprendizagem ativa tenham sido estudadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *